Saúde da Família ampliada na rede

23 de fevereiro de 2015 | Folha da Manhã Online – Campos dos Goytacazes | Geral | RJ

Depois de toda novela envolvendo o extinto Programa Saúde da Família, que se arrasta desde o fim de 2008, inclusive na Justiça, a retomada da atenção básica domiciliar vem sendo ampliada em Campos. A secretaria municipal de Saúde ativará a Estratégia Saúde da Família (ESF) em mais 18 locais. Na última semana, o município recebeu mais 18 profissionais, em parceria com o Programa de Valorização da Atenção Básica do Ministério da Saúde (Provab), interessados em trabalhar na Atenção Básica/Saúde da Família de Campos.

Nesta semana, a secretaria vai reunir os novos médicos para apresentar o trabalho das Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF) já existentes, como informou o vice-prefeito e secretário de Saúde, Doutor Chicão. Eles passarão por treinamento durante 30 dias, aproximadamente.

A Prefeitura já reativou a ESF em 11 locais, visando o fortalecimento da Atenção Básica. A implantação está sendo gradativa nos demais pontos da cidade. Morangaba, Conceição do Imbé, Lagoa de Cima, Pernambuca, Ponta da Lama, Quilombo, Dores de Macabu, Aldeia, Terra Prometida, Murundu e São Martinho foram os primeiros bairros e distritos contemplados.

O município aderiu ao programa Mais Médicos, do governo federal, para atender no modelo ESF, priorizando, inicialmente, as áreas rurais. Além destes 11 locais, o Programa de Agentes Comunitários de Saúde (PACS) já está contemplando outros 24, desde 2011, totalizando 35 áreas. “Mais de 36 mil pessoas foram cadastradas pelos agentes, o equivalente a 11 mil famílias. Os agentes contribuem na entrega de medicamentos, atualização do cartão de vacinação e marcação de consultas e de exames”, disse Dr. Chicão.

A.N.

Foto: Genilson Pessanha

FacebookTwitterGoogle+