Quatro motivos para falar sobre o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio

11/09/2015 – O Globo Online

É possível prevenir

O suicídio pode ser evitado em mais de 90% dos casos. O Setembro Amarelo é uma iniciativa da Associação Brasileira de Psiquiatria, em parceria com Associação Médica Brasileira, Conselho Federal de Medicina, Federação Nacional dos Médicos, Sociedade Brasileira de Neuropsicologia, Cruz Vermelha, Centro de Valorização da Vida, Exército Brasileiro e o Ministério Público de São Paulo.

1 de 4

É um problema de saúde pública

Segundo dados da OMS, cerca de 805 mil pessoas cometem suicídio por ano. Em 2012, foram 11.821 mortes, sendo 9.198 homens e 2.623 mulheres. É a principal causa de morte entre jovens de 25 a 34 anos e a 15.ª causa no mundo. O suicídio passou a ser tratado como problema de saúde pública em 1990.

2 de 4

No Rio há menos casos

O Brasil é o oitavo país com mais episódios no mundo, mas em número de casos por 100 mil habitantes o país passa a ser o 113.º do ranking mundial. No país é registrada uma ocorrência a cada 45 minutos. O estado do Rio Grande do Sul tem mais casos por habitantes. E o Rio de Janeiro, menos.

3 de 4

CVV está na campanha

Os 70 endereços do Centro de Valorização da Vida (www.cvv.org.br) em todo o país vão colocar uma faixa amarela na sua fachada e seus voluntários buscarão apoio de municípios, estados e da federação para iluminar ou identificar monumentos e prédios públicos durante todo o mês de setembro. O Rio de Janeiro aderiu à campanha e terá o Cristo Redentor iluminado de amarelo.

4 de 4

FacebookTwitterGoogle+