CGAT é convidada para agenda PICs em Sergipe

IMG-20151211-WA0019

Representante da coordenação acompanhou diálogos sobre o avanço do estado na implantação de práticas integrativas e complementares em Saúde

A coordenação geral de Áreas Técnicas do Departamento de Atenção Básica (CGAT/DAB/MS) foi convidada para participar, na última semana, do II Seminário de Práticas Integrativas e Populares em Saúde de Sergipe.

Na ocasião, a representante da CGAT, Renata Costa, participou de roda de encerramento de projeto de extensão da Universidade Federal de Sergipe, chamado “Articulação Nacional de Movimentos e Práticas de Educação Popular em Saúde de Sergipe”.

A iniciativa envolveu seis (6) prefeituras municipais do estado na realização de (7) cursos de extensão: massoterapia, Reiki, Acupuntura auricular, Fitoterapia, homeopatia popular, alimentação saudável e Florais de Bach. Mais de 120 participantes foram certificados.

Durante a visita ao estado, Renata Costa participou, ainda, de reunião com a Coordenação de Extensão da Universidade, que já incluiu um módulo em Práticas Integrativas e Complementares em Saúde no programa de Residência Multiprofissional em Saúde, recentemente implantada na instituição de ensino.

Segundo Costa, a Coordenação de Extensão pretende também criar um Núcleo de Práticas Integrativas, Complementares e Populares em Saúde e envolver docentes e pesquisadores da área para a construção de uma proposta de especialização e/ou mestrado profissional em PICs.

A representante da CGAT atestou o novo olhar do estado sobre as PICs também em reunião com o secretário de saúde de Sergipe, Sr. Zezinho. Na ocasião, o secretário afirmou que a gestão estadual da PNPIC estará sob responsabilidade da Diretoria de Atenção Integral à Saúde (DAS), por meio do Núcleo de Educação Permanente e Popular em Saúde, e assumiu o compromisso em contemplar as PICs no seu planejamento estratégico.

Já em reunião ordinária do Conselho dos Secretários Municipais de Saúde de Sergipe (COSEMS-SE), os gestores municipais demostraram interesse em implantar serviços e ações de cuidado integral e complementar em seus territórios.

Na oportunidade, Renata Costa conheceu a Farmácia Viva do município de Carmópolis, que precisa de apoio da gestão local para a continuidade da oferta de serviços à população. Visitou, ainda, a Unidade de Saúde da Família situada em Colônia 13, localizada no município de Lagarto. Diversos profissionais da Unidade, que possui 4 equipes de saúde, oferecem cuidado com Reiki, Fitoterapia, Auriculoterapia e Massoterapia, além de apostar na roda de conversa como método de gestão de coletivos organizados.

Foi relatado, ainda, pela reperesentante do DAB, que os ambientes reservados para as PICs foram destaque em várias conferências municipais de saúde do Estado. Esses espaços foram organizados a partir da articulação do MOPS-SE, um importante parceiro da área técnica do Ministério da Saúde para a divulgação das práticas em Sergipe.

FacebookTwitterGoogle+